segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Fractal de Coxinha


O Augusto é uma pessoa que não sabe ouvir não.
Ele passou uma semana perturbando minha vida e da Vê para que fizessemos uma coxinhada.
Isso mesmo meus amigos, ele não queria uma coxinha, ele queria uma coxinhada!!
E lá fomos nós, recrutamos voluntários, fomos às comprar e mão na massa.
Nas massas!! Por que afinal de contas, fizemos 3 massas diferentes para as coxinhas! De batatas, de farinha e de madioca.
Depois de horas, sim, horas (começamos lá pelas 19h e fomos comer coxinha depois da 1h da manhã!), espremedores quebrados, farinha por todo o lado, pessoas famintas e 6 recheios diferentes, as famigeradas coxinhas sairam! Deliciosas!
Mas a receita que eu vou passar é a da massa de madioca da Dona Néia, mãe da Jen, Benzadeus.

Para o recheio clássico, Refogue 1 peito de frango grande cozido e desfiado com 1 cebola picadinha, 2 tomate picados e azeite. Por último acrescente salsinha picada à gosto e reserve.

Para a massa, coloque em uma panela 4 copos de água, 2 tabeletes de caldo de frango e 2 colheres de sopa cheias de margarina. Quando ferver, adicione  aos poucos 2 xícaras de farinha de trigo e mexa bem até a massa deixar de grudar da penela. Passe essa massa para uma superfície limpa e enfarinhada e acrescente 1 kg de mandioca cozida com sal e passada no expremedor misture tudo bem bonitinho e deixe esfriar um pouco. 
Abra uma bolinha de massa na mão parecendo euma cuia, coloque um pouco de recheio e feche dando o formato de coxinha.
Prepare um prato com farinha de rosca e outro com 1 ovo batido com leite, passe a coxinha no leite e depois na farinha.
Frite em óleo não muito quente, e não fique mexendo para não desmanchar.

Dá um trabalho danado, mas ai, como vale a pena!

2 comentários:

thanile disse...

Cara... seu tcc eh o melhor EVER!

Ana Paula disse...

huahsuahsuahsuhas! Obrigada!